Quero vender meu consórcio

    Compro seu consórcio

    Ao serem contempladas em um consórcio, as pessoas têm duas opções: adquirir o bem estipulado no contrato ou vender a carta de crédito. Muitos não sabem, mas essa última opção pode trazer mais lucros do que outros tipos de investimentos.

    Essa atividade é regulamentada pela Lei dos Consórcios desde 2008 e vem sendo uma ótima opção para investidores. Tantas vantagens se dão porque a procura por cartas de créditos é alta e por isso, vendê-las é sinônimo de ter um bom retorno financeiro.

    Isso porque, quem compra uma cota contemplada já entra na operação com o status de contemplado. Ou seja, pronto para adquirir o bem, unindo as vantagem do consórcio com a compra imediata.

    Vender uma cota de consórcio a terceiros tem diversos benefícios para ambos os lados. Quando essa transação é feita, o investidor passa todos os direitos e obrigações da carta de crédito ao comprador.

    Negociação e transição de titularidade são os dois principais aspectos de toda compra e venda de consórcios contemplados. Para garantir segurança nessas questões, o ideal é que seja intermediado pela administradora que o consórcio foi feito.

    Como funciona?

    O consórcio tem as melhores condições de pagamento do mercado, porém tem retorno a longo prazo – o que não agrada muitas pessoas. Essa modalidade é uma compra em grupo, no qual todos os membros têm o mesmo objetivo.

    Seus participantes dão aportes mensais, criando um fundo coletivo com dinheiro suficiente para que todos recebam o dinheiro à vista até o final do contrato. Mensalmente, um membro é sorteado para receber a carta de crédito – documento que possibilita a compra do bem desejado.

    Se preferir, a pessoa pode dar um lance para tentar adiantar o processo e conseguir a cota antes de ser sorteado, porém precisa dar aportes com recurso próprio para isso.

    De fato, o consórcio é a longo prazo, porque pode ser sorteado no primeiro mês ou no último do contrato. Todo esse processo é organizado pelas administradores, empresas com papel fundamental nessas transações que garantem segurança no processo.

    Quem compra uma cota contemplada elimina o tempo de espera a as contribuições mensais, porque já entra no grupo como contemplado e com a carta de crédito em mãos. É uma vantagem e tanto!

    Para o vendedor, o lucro varia, mas em geral,  é uma transação bastante benéfica. O valor cobrado costuma ser a quantia investida mais o ágio da operação, que nada mais é do que um tipo de comissão pela venda.

    Existem algumas regras para fazer essa operação e para concluí-la a administradora precisa aprovar a venda ou compra. Sem essa aprovação, nenhum negócio neste segmento pode ser feito.

    O motivo é simples: além de intermediar as compras e vendas de consórcios contemplados, essas empresas ainda verificam documentações, auxiliam durante o processo, registram e dão mais validade aos contratos.

    Como vender?

    Existem algumas regras que dependem da administradora, mas não é um processo difícil ou demorado. Onde achar pessoas interessadas na compra de consórcios contemplados?

    Algumas administradoras fazem o serviço de encontrar um comprador e intermediar este contato. Existem algumas empresas especializadas na compra e venda de cotas contempladas.

    É o caso da Cartas de Crédito que compra o consórcio contemplado, seguindo todas as regras e especificações de cada administradora, e o anuncia para venda. É um tipo de transação mais simples, dado que não precisa encontrar pessoas interessadas.

    A própria empresa compra e depois vende, tornando o processo mais rápido para o vendedor.

    Se estiver interessado em vender sua carta de crédito, entre em contato conosco. Para deixar essa transação mais segura e transparente, escolher uma empresa referência neste segmento no mercado é essencial.

    Estamos dispostos a tirar suas dúvidas e negociar. Não perca tempo e faça um investimento com retorno garantido.

    Preencha o cadastro abaixo e venda sua cota com segurança.